Notícias

Produtores do Mato Grosso recebem as devolutivas dos diagnósticos do Programa 3S

Produtor Mario Vicente Sponchiado de Campo Novo do Parecis

Produtor Mario Vicente Sponchiado de Campo Novo do Parecis

Entre os dias 14 e 22 de março, a equipe do Programa 3S realizou a devolutiva dos diagnósticos de 21 propriedades nos municípios de Tangará da Serra e Campo Novo do Parecis, no Mato Grosso, com entrega do relatório de soluções sustentáveis com plano de ação para cada empreendimento rural. A devolutiva é resultado dos diagnósticos realizados nas propriedades produtoras de soja em setembro do ano passado, com avaliação das instalações das fazendas e aplicação de questionários aos produtores.

O objetivo é orientar os produtores para que haja o melhoramento contínuo de suas propriedades, com produção sustentável e de qualidade. De acordo com o consultor do Instituto BioSistêmico Humberto Eduardo dos Reis, os produtores de Campo Novo do Parecis e Tangará da Serra estão empenhados em colocar o plano de ação em prática, realizando as melhorias necessárias identificadas no diagnóstico.

Além da entrega do relatório e do plano de ação nesta fase do atendimento, é realizada a consultoria com um leque de opções para o melhoramento contínuo da propriedade atendida. Após esta etapa, serão realizadas outras visitas para que haja acompanhamento do plano de ação, esclarecimento de dúvidas e discussão sobre o que ainda pode ser melhorado, além dos treinamentos e boletins informativos sobre temas recorrentes que costumam gerar muitas dúvidas entre os produtores.

Sobre o programa

Um programa de melhoramento contínuo de sustentabilidade das fazendas produtoras de soja que permite o produtor melhorar seus indicadores sociais, ambientais e produtivos. Essa é a proposta do Programa 3S (soluções para suprimentos sustentáveis) da Cargill que conta com execução do Instituto BioSistêmico (IBS).

 

, , , , ,

Voltar ao topo