Notícias

Contribuição da Cargill para o combate ao desmatamento das florestas do planeta

cupula-do-climaDurante a Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU) realizada em 2014 em Nova York (NY), foi assinada a Declaração de NY sobre Florestas, um acordo global entre vários stakeholders que têm um papel importante na preservação das florestas no planeta. Dentre ONG’s, governos e outras empresas, a Cargill foi uma das signatárias do documento assumindo sua posição e importância na cadeia de produção de alimentos global e todos os impactos relacionados a isso.

Na ocasião, a Cargill anunciou a meta de eliminar o desmatamento em toda sua cadeia de produção agrícola, reduzindo o desmatamento pela metade até 2020 e acabando totalmente com o desmatamento até 2030. Segundo o analista de sustentabilidade da Cargill, Eric Geglio, esse é um compromisso grandioso e, desde 2014, a empresa vem trabalhando com um time multidisciplinar para entender sua posição atual, quais os desafios e próximos passos.

“Em 2015 anunciamos nossa Política de Florestas que, alinhada ao Acordo de NY, nos dá as diretrizes internas e elege as cinco cadeias de suprimento prioritárias que a Cargill está inserida para trabalhar o tema do desmatamento. A produção de soja no Brasil é uma delas, e o desafio aqui é grande. Desde então estamos trabalhando no desenvolvimento dos conceitos e fazendo parcerias para a aplicação de tecnologias que nos ajudem no controle e gestão da nossa cadeia de fornecedores”, explicou Geglio.

Eric Geglio

Eric Geglio

Programa 3S

De acordo com ele, o Programa 3S está em perfeito alinhamento com a estratégia da Cargill em contribuir para a preservação das florestas ao proporcionar aos produtores a orientação necessária para uma produção de soja mais sustentável, não só no âmbito ambiental, mas social também. Eric afirmou que o programa está baseado em critérios que estão entre os mais bem reconhecidos indicadores para produção sustentável no mundo.

“Aderindo ao Programa 3S, o produtor traz boas práticas à sua propriedade e amplia sua perspectiva de mercado, principalmente para os clientes mais exigentes, uma crescente demanda que vem incluindo a sustentabilidade entre os critérios de compra de sua matéria prima. Além de estar alinhado à nossa Política de Florestas, o 3S também faz parte da nossa nova estratégia comercial de parceria com o produtor rural, em que oferecemos produtos e soluções aos nossos fornecedores”, complementou o analista de sustentabilidade da Cargill.

, , , , ,

Voltar ao topo